betting-revolution-under-way-in-brazil

REVOLUÇÃO DAS APOSTAS EM CAMINHO NO BRASIL

Partilhe este artigo

As apostas esportivas no Brasil estão saindo das sombras e é hora de destacar as oportunidades para as operadoras entrarem em ação.


Sempre houve um apetite por jogos de azar no Brasil, mas as leis introduzidas na década de 1940 o proibiram. Os progressos no sentido de uma flexibilização das regras estritas têm sido lentos, mas as autoridades reconhecem agora o apelo dos valiosos fluxos de receitas para impulsionar a economia.


Com o acesso à internet crescendo e uma população louca por esportes, o potencial para um boom brasileiro nas apostas é óbvio. As lotarias estatais e as casas de apostas ligadas às pistas de corridas de cavalos proporcionaram anteriormente algumas oportunidades de apostas, mas o volume de negócios que geram será quase nulo em comparação com a nova era das apostas online legais.


O que mudou?


Embora a corrida do ouro nas apostas na América do Norte tenha chamado muita atenção nos últimos anos, o mercado brasileiro parece igualmente pronto para decolar após a introdução de novas regulamentações.


Foi legalizado em 2018, mas a verdadeira virada de jogo veio em julho de 2023, quando o presidente brasileiro Lula da Silva emitiu um decreto provisório para regulamentar os sites de apostas esportivas. Esse projeto de lei foi aprovado pelo Senado brasileiro na terça-feira e, embora ainda haja obstáculos a serem resolvidos antes de ser sancionado, há claramente um apetite por mudanças em todos os níveis de governo e no público em geral.


Nem todos os tipos de apostas estão sendo legalizados. As salas de bingo continuam proibidas enquanto os jogos interativos não são regulamentados, mas uma revolução nas apostas esportivas está chegando para se igualar a tudo o que foi visto nos Estados Unidos.


Quem será impactado negativamente?


As novas regulamentações são más notícias para os operadores de sites de apostas offshore que anteriormente aproveitavam a enorme demanda no Brasil. Apesar da ameaça de uma potencial ação legal, os operadores de apostas desportivas procuraram tirar partido deste vasto mercado, mas a falta de regulamentação deixou os clientes – e os próprios operadores – em algum risco.


Espera-se que os fluxos de receitas destes operadores diminuam à medida que o governo introduz novas regras sobre quem pode fazer negócios de apostas no país. Qualquer pessoa que queira se envolver precisará pagar taxas de licença e pagar impostos sobre seus lucros.


Quais são as oportunidades?


Para quem deseja seguir as regras, o potencial é óbvio. A população do Brasil de mais de 216 milhões de pessoas ocupa o sétimo lugar no mundo e o amor pelo esporte, especialmente pelo futebol, é certamente incomparável em qualquer lugar do planeta.


O volume de negócios das apostas desportivas deverá ser superior a 65 mil milhões de reais (cerca de 12 mil milhões de euros) em 2024 e mais do dobro desse valor em 2025.


As apostas onshore em 2023 representaram cerca de 13,5% do mercado total no Brasil, mas deverão representar mais da metade em 2024 e até 2025 prevê-se que 94% de todas as apostas aqui serão feitas através de operadoras onshore.


Quem são os líderes de mercado?


A corrida por uma fatia do mercado já começou e o cenário das apostas sofreu uma mudança dramática. A Bet365 é líder há vários anos, mas espera-se que a sua quota de mercado tenha caído de um pico de 66,8% em 2020 para menos de 38% em 2023.


A Sportingbet foi o segundo maior operador nos últimos anos, mas viu a sua quota de mercado cair de quase 12% há dois anos para cerca de 8% em 2023.


Novas operadoras estão entrando em ação, com a Betano – recentemente anunciada como patrocinadora oficial do Euro 2024 – destacando o crescimento possível no Brasil ao estabelecer uma participação de mercado estimada em 14,6% no espaço de três anos.


Blaze também é um dos novos garotos do bairro. Assumiu o papel de patrocinador do time brasileiro de futebol Santos e também fechou uma parceria de quatro anos com Neymar para atuar como seu embaixador global.


Tendo entrado no mercado apenas em 2021, estima-se que tenham desfrutado de uma quota de mercado de 4,4% em 2023.


Como os operadores podem se envolver?


É evidente que há muito potencial para novos negócios no Brasil, mas com novas regulamentações governamentais ainda a serem resolvidas, é vital usar fornecedores de software confiáveis.


A equipe de especialistas da Altenar possui conhecimento e experiência comprovados nos mercados sul-americanos e pode ajudar a otimizar o desempenho das casas de apostas esportivas sem infringir as novas leis.


Entre em contato para saber como nossa tecnologia pode ajudar seu negócio a fazer parte do futuro brilhante das apostas esportivas no Brasil.




Anterior Próximo

Preencha o formulário e entraremos em contato o mais breve possível

Tipo de consulta
Como podemos contacta-lo?
Região de Operação
Como você ficou sabendo sobre nós?

Este formulário coleta seus dados para que possamos nos corresponder com você. Leia nossa política de privacidade para mais informações